Voo Direto, Escala e Conexões

Texto esclarecedor e objetivo, sobre as diferentes modalidades de voo, além das vantagens e desvantagens individuais das mesmas. Espero que essas informações, ajudem a tornar sua viagem mais prazerosa.

Voo Direto

Sem dúvida alguma, esta é a melhor forma de voar, afinal, como o nome já diz, o voo segue direto para seu destino final, não pousando em momento algum em outros aeroportos ao longo da viagem. Mas então, porque não viajar sempre em voos diretos? O primeiro grande motivo, é que não existe ponte aérea direta entre todos os aeroportos, com isso, se torna necessário utilizar outros aeroportos para que essa ligação seja realizada. Além disso, devido a alguns voos serem muito longos, se torna necessário uma escala para reabastecimento. E por último, passagens de voos diretos tendem a custar mais devido à grande demanda por estes voos, se tornando assim economicamente favorável a escolha de outra modalidade.

Vantagens:

- Tempo de viajem impressionantemente menor;

- Sem risco de perder o avião, como ocorre em voos com conexão;

- Sem necessidade de trocar de assento;

- A bagagem não é movimentada, diminuindo assim o risco de perda da mesma ou quebra de objetos;

Desvantagens:

- Preços costumeiramente mais altos.

Voo com Escala

Nesta modalidade de voo, o avião pousa antes de seu destino final para reabastecimento, saída e entrada de novos passageiros, para logo em seguida retomar a viagem. Em quesito de conforto, está atrás apenas dos voos diretos.

Vantagens:

- Os passageiros em escala não precisam deixar a aeronave;

- Possibilidade de permanecer no mesmo assento;

- A bagagem não é movimentada, diminuindo assim o risco de perda da mesma ou quebra de objetos;

- Sem risco de perder o avião, como ocorre em voos com conexão.

Desvantagens:

- Tempo de voo mais longo, se comparado com os voos diretos.

Voo com Conexão (Troca de avião)

A forma mais presente na aviação brasileira, e infelizmente a mais desvantajosa para os passageiros.

Vantagens:

- Em conexões com várias horas de espera, é possível utilizar o tempo livre para conhecer um pouco mais do aeroporto ou a cidade que o abriga.

Desvantagens:

- É necessário trocar de avião;

- Tempo de viagem, pode se estender por horas ou até dias, devido a espera entre os voos;

- Torna a viajem mais cansativa e estressante;

- A bagagem é transferida para outro avião, aumentando os riscos de perda da mesma ou quebra de objetos;

- Em alguns voos internacionais, o passageiro é obrigado a retirar a bagagem, para depois despachá-la novamente, além de precisar fazer um novo check-in;

- Em voos internacionais, a ocasiões em que será necessário passar pela imigração antes de embarcar no próximo voo, aumentando as chances de perder o horário da nova partida;

- Alto risco de perder o voo de conexão.

Voo com Conexão (Troca de aeroporto)

Esta é de longe a pior forma de se viajar, trazendo todas as desvantagens de uma conexão, e com o agravante da necessidade de trocar de aeroporto. O maior problema é que muitos passageiros, compram esse tipo de passagem, sem perceberem a peculiar conexão a que serão submetidos. Para evitar esses equívocos, as companhias deveriam explicitar essa informação, mas ao invés disso, deixam de uma forma um tanto quanto engenhosa, pouco visível e de difícil compreensão, induzindo o consumidor ao erro.

Outro absurdo, é que o translado entre os aeroportos não é de responsabilidade das companhias, sendo que algumas disponibilizam ônibus na forma de cortesia, mas estes são escassos, saem em poucos horários, não circulam durante a madrugada, e nem sempre possuem lugar para todos os passageiros que necessitam utilizá-lo, obrigando os passageiros em muitas situações, a pagar do próprio bolso por um transporte particular para evitar a perda do voo de conexão, e caso venha a perder o mesmo, os prejuízos são arcados pelo passageiro.