Rio de Janeiro

Data da viagem: Setembro de 2016

Curiosidades e Dados Sobre o Rio de Janeiro - RJ (2016)

  • Fundação: A cidade do Rio de Janeiro foi fundada em 01/03/1565;
  • População: Com 6,5 milhões de habitantes, é a segunda cidade mais populosa do Brasil;
  • Clima: As temperaturas dificilmente baixam dos 20°C nos meses mais frios do inverno, e no verão podem atingir até os 40°C. Quanto as chuvas, elas costumam acontecer com mais frequência entre dezembro e março;
  • Quando ir: O Rio é uma cidade com enorme potencial turístico, desta forma é possível encontrar atrações em qualquer época do ano, com destaque para:

Verão: A junção de férias escolares e trabalhistas, associado ao calor intenso, faz dessa estação um convite para relaxar na praia;

Réveillon: A Praia de Copacabana, é palco de um dos maiores Réveillons do mundo, atraindo mais de 2 milhões de pessoas todos os anos para sua orla;

Carnaval: O Carnaval do Rio, é o maior do mundo, com milhares de turistas visitando a cidade, especialmente para ver os desfiles das escolas de samba que passam pelo Sambódromo da Marquês de Sapucaí;

  • Tempo médio de estadia: 5 dias são o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos. Obs: A cidade do Rio de Janeiro, conta com uma variedade e quantidade absurda de opções de lazer e entretenimento, por isso o tempo médio de estadia pode variar muito entre uma pessoa e outra, pois dependerá diretamente dos gostos particulares de cada um;
  • Acesso: Pode ser feito por via terrestre, marítima e aérea, sendo esta última a mais utilizada. A cidade conta com dois aeroportos, sendo o Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão) mais distante do centro, porém historicamente o que mais recebe voos promocionais, e o Aeroporto Santos Dumont, localizado na área central;
  • Hospedagem: O Bairro de Copacabana e Ipanema, são os preferidos pela maioria dos turistas;
  • A Baía de Guanabara, local da fundação da cidade, foi descoberta pelo explorador português Gaspar de Lemos em 01/01/1502;
  • A origem do nome da cidade, aconteceu na descoberta da Baía de Guanabara, na ocasião os exploradores designaram a baía como a foz de um rio, e por terem descoberto a baía no primeiro mês do ano, chamaram o local de "Rio de Janeiro"
  • A cidade do Rio de Janeiro foi capital do Brasil entre os anos de 1763 a 1960, perdendo o status em 1961, quando a capital do Brasil passou a ser em Brasília;
  • Muitos estrangeiros acham que a capital do Brasil é o Rio de Janeiro, devido a cidade ter levado esse status por quase 200 anos, mas principalmente por ser a cidade brasileira mais conhecida no exterior;
  • Além de capital brasileira, o Rio também foi a capital do Reino de Portugal, quando a Família Real Portuguesa e a sua corte se mudaram para o Brasil, em 1808, fugindo das tropas de Napoleão;
  • O grande crescimento da cidade, aconteceu apenas com a chegada da Família Real Portuguesa no ano de 1808, tornando o Rio de Janeiro a Capital do Império Português;
  • O Rio foi a única cidade fora da Europa, a ter sido capital de um país europeu;
  • Possui o segundo maior PIB do Brasil, ficando atrás apenas de São Paulo;
  • As favelas fazem parte da paisagem carioca, segundo dados do Censo 2010, existem 160 bairros urbanizados e 763 favelas, nas quais vivem mais de 1,3 milhões de pessoas, quase um quarto da população do município, tornando essa a maior taxa em uma única cidade do Brasil;
  • A Rocinha é a favela mais populosa do Brasil;
  • Guarda uma das 7 maravilhas do mundo moderno, "O Cristo Redentor";
  • A ponte Rio-Niterói mede 13.290 metros, sendo uma das pontes mais extensas do mundo;
  • O Estádio do Maracanã foi construído por ocasião da Copa do Mundo de 1950;
  • Existem cerca de 100 ilhas na Baía de Guanabara. Sendo as mais famosas, Paquetá e Ilha do Governador;
  • O Rio de Janeiro é o principal destino turístico da América Latina, e considerado o cartão postal brasileiro;
  • Copacabana significa "mirante do azul", na língua quíchua. Na Bolívia existe uma localidade com o mesmo nome;
  • O Frescobol, esporte muito praticado nas praias brasileiras, surgiu no Rio de Janeiro;
  • O Parque Estadual da Pedra Branca, localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, é uma das maiores flores urbanas do mundo;
  • Foi a única cidade da América do Sul, a sediar uma Olimpíada;
  • Berço de um dos maiores festivais de música do mundo, o "Rock In Rio", que teve sua primeira edição no ano de 1985.


Principais Pontos Turísticos 

Cristo Redentor

No topo do Moro do Corcovado, à 709 metros acima do nível do mar, encontra-se uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, o "Cristo Redentor". A estátua foi inaugurada em 1931, e tem 38 metros de altura (contando o pedestal) e 28 metros de envergadura.

É sem dúvida alguma, o cartão postal brasileiro mais conhecido no mundo, e também o mais visitado.

O acesso até a estátua, pode ser feito por vans oficiais, ou trem. O trem é a forma mais cara, porém a mais bela e tradicional. Tanto de van como de trem, o transporte e o ingresso estão inclusos no preço.

Abertura: 8h às 19h todos os dias, inclusive finais de semana e feriados.

Entrada: Através do trem, R$ 74,00 adulto / R$ 48,00 crianças de 6 a 11 anos, / R$ 24,00 pessoas acima dos 60 anos (http://www.tremdocorcovado.rio). Através de vans, valores diversos, para mais informações consultar, http://www.paineirascorcovado.com.br.

Endereço: Rua Cosme Velho, 513 - Santa Teresa, Rio de Janeiro - RJ.

Mais informações: https://cristoredentoroficial.com.br 

Pão de Açúcar

O moro do Pão de Açúcar é um monólito (rocha única) com 395 metros de altura, que se formou há mais de 600 milhões de anos.

Inaugurado no ano de 1912, o Bondinho juntamente com o Pão de Açúcar, tornou-se um dos principais símbolos e cartões postais da cidade, recebendo anualmente milhares de turistas. O passeio proporciona uma das vistas mais lindas e privilegiadas da cidade, que incluem Copacabana, Ipanema, Cristo Redentor, Ponte Rio-Niterói e Pedra da Gávea.

O percurso do Bondinho, inclui 3 estações, com saída da estação da Praia Vermelha, seguindo até a estação do Moro da Urca, e logo após para a parada final de ida, a estação Pão de Açúcar.

Dica: Se possível faça o passeio ao final da tarde, desta forma você poderá ver a cidade de dia e também a noite, quando as luzes da cidade transformam a paisagem. 

Abertura da bilheteria: 8h às 19:50h todos os dias, inclusive finais de semana e feriados (o parque fecha 1h após o encerramento da bilheteria).

Entrada: R$ 76,00 adulto / R$ 38,00 crianças de 6 a 12 anos, pessoas acima dos 60 anos e estudantes.

Endereço: Avenida Pasteur, 520 - Bairro Urca, Rio de Janeiro - RJ.

Mais informações: http://www.bondinho.com.br 

Forte de Copacabana

Localizado em um dos extremos da Praia de Copacabana, próximo ao Arpoador, encontra-se o famoso forte, construído com o objetivo de proteger a Baía de Guanabara, tendo sido inaugurado no ano de 1914. Após sua desativação, no final do século XX, tornou-se museu militar.

Dica: Aproveite a visita para fazer um lanche na Confeitaria Colombo, a mais tradicional do Rio de Janeiro, que disponibiliza um restaurante dentro do complexo do museu, (http://www.confeitariacolombo.com.br). 

Abertura: Museu, terça a domingo e feriados, das 10h às 18h. Área externa, cafés e loja, de terça a domingo e feriados, das 10h às 20h.

Entrada: R$ 6,00

Endereço: Avenida Atlântica, Posto 6 - Bairro Copacabana, Rio de Janeiro - RJ.

Escadaria Selarón

A Escadaria Selarón, liga o Largo da Lapa à parte do bairro de Santa Teresa. Decorada com inúmeros azulejos, foi criada pelo artista plástico chileno Jorge Selarón, que morava no local, e iniciou os trabalhos de decoração por iniciativa própria no ano de 1994. Retratada diversas vezes em clipes, propagandas e reportagens pelo mundo, a obra foi tombada como Patrimônio Histórico da Cidade.

Abertura: 24h, todos os dias do ano.

Entrada: Gratuita

Endereço: Rua Joaquim Silva, S/N - Centro, Rio de Janeiro - RJ.

Bondinho de Santa Teresa

Usado por moradores locais e turistas, o bondinho liga o Centro ao Bairro de Santa Teresa. Recordação viva de um dos meios de transporte que marcaram a história do Rio, o passeio inclui a passagem sobre os Arcos da Lapa.

Abertura: 8h às 17:45h, de segunda à sexta, e aos sábados 10h às 18h. Não há circulação aos domingos e feriados.

Entrada: R$ 20,00 / Pessoas acima dos 65 anos não pagam.

Endereço: Rua Joaquim Silva, S/N - Centro, Rio de Janeiro - RJ.

Pedra Bonita

Localizada na Floresta da Tijuca, e com uma elevação de 696 metros acima do nível do mar, tornou-se o principal local no Rio para a prática de salto de Asa Delta e Paraglider.

Abertura: 24h, todos os dias do ano.

Entrada: Gratuita

Praia de Copacabana

A praia mais famosa do Brasil, e provavelmente do mundo também, está localizada no bairro de mesmo nome, e se tornou o principal destino dos turistas que chegam ao Rio. Abriga uma vasta rede hoteleira, incluindo o icônico "Copacabana Palace", além de pontos turísticos como o "Forte de Copacabana". A praia também é palco de alguns dos maiores shows e eventos que acontecem na cidade, como o Réveillon, que reúne todos os anos 2 milhões de pessoas em sua orla. Ao longo de seu inconfundível calçadão, encontram-se dezenas de quiosques, artistas de rua e obras de arte. 

Praia de Ipanema

A Praia de Ipanema, localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro, entre o Arpoador e o Jardim de Alah, é uma das praias mais movimentadas do Rio.

Ao longo de sua história, a beleza e o encanto da praia, juntamente com o pôr do Sol perfeito que proporciona, serviu como inspiração para poetas, escritores e compositores, que deram vida a obras e músicas inesquecíveis, como "Garota de Ipanema", de Vinícius de Moraes e Antônio Carlos Jobim.

Dica: No final da tarde, vá até a formação rochosa do Arpoador, que fica ao extremo da Praia de Ipanema, e de lá aprecie o pôr do Sol do melhor ângulo. 


 Considerações Finais

- Existe uma grande variedade de transporte público na cidade, com destaque para o metrô, e a enorme frota de taxis.

- Quando for visitar pontos turísticos, procure chegar cedo, isso evita o risco de pegar grandes filas e locais muito cheios.

- O trânsito é intenso e podem haver congestionamentos, dessa forma programe-se e saia com antecedência.

- Como qualquer grande cidade, existe o risco de assaltos, desta forma evite comportamentos de risco.

- Por ser uma cidade de grande importância econômica e turística, acaba recebendo uma cobertura jornalística intensa, onde a maioria dos eventos são noticiados para o Brasil e o mundo, como por exemplo os ligados a violência urbana. Tal cenário, origina em muitas pessoas uma visão deturbada da cidade, fazendo-as acreditar que o Rio seja uma cidade caótica e extremamente violenta. A verdade é que o Rio é uma metrópole, e padece dos mesmos flagelos sociais de outras grandes cidades brasileiras, sendo estas muitas vezes mais perigosas que o Rio.

Belas praias, natureza exuberante, paisagens cinematográficas, variedade esportiva, museus, vida noturna, diversidade cultural, Carnaval, shows, eventos e muito mais, que garantem sem dúvida alguma ao Rio de Janeiro, seu título de "Cidade Maravilhosa".