Recursos Financeiros

  1. Por segurança, tenha dois cartões de crédito internacional, para caso um deles deixe de funcionar, ou seja perdido;
  2. Para utilizar cartões de crédito fora do país, será necessário fazer sua "Habilitação para uso internacional", lembrando que nem todos os cartões tem essa opção;
  3. Com o cartão devidamente habilitado, será possível fazer compras e saques de dinheiro em caixas eletrônicos;
  4. O imposto IOF de 6,38% é cobrado em toda a transação realizada, como compras e saques;
  5. Cartões pré-pagos são uma boa opção de segurança, além de possibilitarem um melhor controle sobre os gastos;
  6. Procure levar Dólares para viagens internacionais, porque Reais podem não ser aceitos em algumas casas de câmbio, ou serem muito desvalorizados;
  7. Evite trocar moeda em casas de câmbio em aeroportos e locais turísticos, pois estes locais costumam ter as cotações mais altas;
  8. R$ 10,000,00 é o máximo que se pode levar para o exterior, sem a necessidade de declarar para a Receita Federal;
  9. Uma viagem econômica, deve ficar com uma média de gastos diários de US$ 50,00, onde estarão inclusos a hospedagem, alimentação, transporte, ingressos e outras eventuais despesas, ficando fora do cálculo apenas despesas aéreas;
  10. Deixe uma parte dos recursos no cofre do hotel, leve consigo apenas o necessário para o momento ou dia;
  11. Cuide do seu dinheiro, não gaste com coisas desnecessárias, e procure sempre deixar uma sobra para possíveis emergências;
  12. Costumeiramente turistas pagam mais caro por tudo, principalmente quando os preços não estão expostos de forma clara, por isso fique atento e pechinche;
  13. Quanto melhor for investido os recursos, mais sobrará para conhecer novos lugares, por isso é muito importante pesquisar preços;
  14. Para cada Real economizado um km a mais viajado.