Brasília

Data da viagem: Outubro de 2016

Curiosidades e Dados Sobre Brasília - DF (2016)

  • Fundação: Brasília começou a ser planejada e desenvolvida em 1956, e foi fundada em 21/04/1960;
  • População: Com quase 3 milhões de habitantes, Brasília é uma das cidades mais populosas do Brasil, sendo uma das mais ricas também;
  • Altitude: Situa-se a 1.170 metros do nível do mar;
  • Clima: Brasília conta com duas estações bem distintas, sendo o período de seca entre maio e setembro, e a estação chuvosa entre outubro e abril;
  • Tempo médio de estadia: 3 dias são o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos. Obs: Opinião baseada em meu formato de viagem e gostos particulares;
  • Acesso: O Aeroporto Internacional de Brasília (Presidente Juscelino Kubitschek - código BSB), fica a 15 km do centro da cidade. É o segundo aeroporto mais movimentado do Brasil, ficando atrás apenas do Aeroporto de Guarulhos; 
  • Hospedagem: A maior parte dos hotéis da área central de Brasília, estão localizados na Asa Sul e Norte;
  • Cerca de 60 mil trabalhadores, oriundos de várias partes do país e também do exterior, construíram a Capital Federal;
  • Brasília é uma das unidades do Distrito Federal, que é dividido em regiões administrativas (o equivalente a municípios). As mais conhecidas regiões administrativas são: Gama, Planaltina, Taguatinga, Ceilândia, Sobradinho e Paranoá;
  • Os moradores de Brasília não elegem prefeito, sendo o governador do Distrito Federal, responsável por essa função;
  • Brasília abriga 124 embaixadas estrangeiras;
  • Brasília é a cidade com a maior área urbana tombada pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, são cerca de 112 quilômetros quadrados;
  • Logo após sua inauguração, Brasília atraiu milhares de turistas, vindos de várias partes do país, para conhecer a nova capital;
  • O lago Paranoá nasceu do represamento de um rio da região, chamado rio Paranoá;
  • Uma das promessas de campanha de Juscelino Kubitschek, na corrida presidencial de 1955, seria a construção da nova capital, ele venceu, e Brasília nasceu;
  • Brasília foi construída e planejada para não ter fios aéreos. Embora atualmente já existam alguns;
  • Devido a forma que Brasília foi projetada, o jeito mais fácil de locomoção é por meio de veículos, pois devido as grandes distâncias e falta de calçadas em alguns pontos, o deslocamento a pé se torna mais complicado;
  • 17 prédios formam a Esplanada dos Ministérios, sendo que dois deles se diferenciam arquitetonicamente dos demais, sendo eles: Ministério das Relações Exteriores, que fica no Palácio do Itamaraty, e o Ministério da Justiça;
  • Para escolher como seria a "nova capital", o governo criou um concurso para a escolha do projeto arquitetônico para Brasília. Foram 41 inscritos, sendo vencedor, o projeto em formato de avião;
  • Vencedor do concurso, o arquiteto Lúcio Costa, não tinha registro de arquiteto na época, recebendo um CREA honorário apenas em 1985. Oscar Niemeyer começou a carreira como estagiário de Lúcio Costa;
  • A construção de Brasília teve impactos significativos no Brasil. No aspecto financeiro, o custo foi tão elevado, que JK mandou imprimir dinheiro em espécie sem ter o ouro na casa da moeda. Na época a dívida do Brasil disparou junto com a inflação. Além do impacto econômico, a distância das cidades mais populosas, deixou os políticos da época, longe da pressão popular;
  • A elite de Brasília, não contava com um problema social que se seguiria logo após a conclusão da cidade, pois acreditavam, que os trabalhadores mais simples iriam embora após o término das obras, mas isso não aconteceu e diversas favelas acabaram sendo criadas, inclusive dentro do Plano Piloto (área central);
  • O governo militar, criou uma "campanha de erradicação de invasores" para expulsar os moradores irregulares. Esta ação, culminou com o nascimento de novas cidades no entorno da capital.

Principais Pontos Turísticos

Praça dos Três Poderes

Simplesmente o coração do Brasil, lá estão reunidas as casas do Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário. Trata-se de um grande espaço a céu aberto, totalmente em concreto.

Na praça também se encontram esculturas e museus que contam a história de Brasília. A obra Os Dois Candangos, de autoria de Bruno Giorgi, é um dos maiores símbolos da cidade e representa os trabalhadores que a construíram.

A obra fica na frente do Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo, ou seja, o local de trabalho do Presidente, onde ele recebe frequentemente visitas de políticos, ministros e chefes de estado.

Aos domingos, o Palácio do Planalto, fica aberto das 9h30 às 14h para visitação.  

Do lado oposto do Palácio do Planalto, encontra-se o Supremo Tribunal Federal, sede do Poder Judiciário, guardado pela famosa estátua de Alfredo Ceschiatti, nomeada "A Justiça". 

E por último o Congresso Nacional, sede do Poder Legislativo, com seu icônico prédio. Local famoso pelas importantes decisões e também pelos acalorados protestos e bate bocas televisionados. Por ser a casa do povo, ele fica aberto à visitação praticamente todos os dias do ano. Os passeios são guiados, e existem algumas restrições, por isso deixei linkado o site do congresso para uma leitura das normas. O passeio tem uma duração média de 2h. Particularmente foi um dos pontos altos da viajem, poder sentir a atmosfera do Senado e principalmente da Câmara dos Deputados, foi uma experiência única.

https://www2.congressonacional.leg.br/visite/guia-do-visitante-pt 

A obra, O Pavilhão Nacional, traz o símbolo máximo da nação, uma bandeira com 280m², hasteada em um mastro com 100 metros de altura, onde a mesma agita-se ininterruptamente sobre as Três Casas. No primeiro domingo de cada mês, uma das Forças Armadas, faz uma cerimônia oficial para a troca da bandeira.

Palácio Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores)

Uma das mais belas construções da Esplanada dos Ministérios, o Palácio conta com um projeto paisagístico de Burle Marx. Em seu interior, encontra-se o maior hall sem colunas do mundo, com 2800m², além de inúmeras obras de arte.

Está aberto para visitação guiada diariamente, consulte os horários no link abaixo.

http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/visite-o-itamaraty

Palácio da Alvorada (Residência Oficial do Presidente da República)

O Palácio da Alvorada é a residência de todos os presidentes que vieram depois de JK. Sendo o primeiro edifício a ser inaugurado na capital. Conta com 3 pavimentos, e está localizado as margens do Lago Paranoá.

Fica aberto para visitação apenas aos domingos. Consulte o link para mais informações.

http://www2.planalto.gov.br/presidencia/palacios-e-residencias-oficiais/visitas

Catedral Metropolitana de Brasília

Localizada ao lado do Eixo Monumental, é uma das obras mais conhecidas de Oscar Niemeyer.

Lago Paranoá

O lago artificial é um dos pontos de recreação da capital, e conta com um lindo pôr do Sol. Nas suas margens está localizado o Pontão do Lago Sul, um local com diversos bares e restaurantes.

Ponte Juscelino Kubitschek

A ponte foi eleita uma das mais bonitas do mundo. O projeto de Alexandre Chan, custou mais de R$ 200 milhões e foi inaugurado em 2002.

Eixo Monumental

O Eixo Monumental é uma avenida que se estende por dezesseis quilômetros, fazendo a ligação entre a Rodoferroviária de Brasília (a oeste) e a Praça dos Três Poderes (a leste).

Torre de TV

Ponto mais alto de todo o Plano Piloto, com 224 metros de altura. Conta com um mirante a 75 metros acima do Eixo Monumental, e dele é possível ter uma vista de 360° da cidade. Vale a pena ir de dia e a noite, quando as luzes do Eixo Monumental dão um show à parte. 

As visitações acontecem na segunda, das 14h às 20h, e de terça a domingo, das 8h às 20h.

Brasília City Tour

Caso você não tenha muito tempo disponível para conhecer os pontos turísticos, você pode utilizar esta opção de passeio, que passa pelas principais atrações, e permite decidas em alguns pontos para tirar fotos, o tempo médio de duração do passeio é de 2h. A venda de ingressos, acontece na entrada do Brasília Shopping e a saída do ônibus é no mesmo local, com partidas diárias às 10:30h / 14:00h / 16:30.


Considerações Finais

- Existem voos diretos para Brasília, saindo da maioria dos aeroportos do Brasil, com isso o tempo de viagem é muito curto, e também devido à grande oferta de voos, é possível comprar por um preço excelente as passagens.

- Quanto ao transporte dentro da cidade, eu aconselho a usar ônibus, taxi e Uber. Eu acabei alugando um carro, mas me arrependi no mesmo dia, pois a quantidade de fiscalizadores eletrônicos de velocidade é abismal, e as velocidades permitidas mudam muitas vezes, então qualquer distração e você já leva uma multa.

- As visitações internas aos palácios, muitas vezes são suspensas sem aviso prévio, então ligue e peça informações antes de ir até o local.

- A umidade do ar em Brasília é baixa, e em alguns meses fica desértica, isso pode acabar ocasionado desconforto em algumas pessoas.

Sabe aquela viagem que você não espera muita coisa, mas acaba sendo surpreendido, pois é, Brasília foi assim para mim. Curti demais a cidade, tanto que indico sem medo, até porque acredito que o turismo cívico deveria ser mais incentivado, para que mais brasileiros pudessem desmistificar e entender, que Brasília pertence ao povo, e não aos políticos.